• IBEPMH

ENTREVISTA: Dr. Ivan Silva Marinho, presidente IBEPMH


A medicina hiperbárica é uma modalidade terapêutica regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina por meio da Resolução nº 1.457/95. Embora extremamente eficaz para tratamento de feridas crônicas e doenças descompressivas, ainda é pouco difundida como uma especialidade da medicina e pouco aplicada em centros clínicos, devido à carência em pesquisas científicas. A fim de tornar a OHB mais conhecida por médicos e pacientes, em novembro de 2019, nasceu o IBEPMH que já tem metas para o decorrer deste ano, conforme falou Dr Ivan Silva Marinho, fundador e presidente do instituto, na entrevista a seguir. Confira.


Por que a criação de um instituto voltado à medicina hiperbárica?

A medicina hiperbárica no Brasil é praticamente inexistente. Está muitíssimo atrasada. O IBEPMH surgiu da urgência em torná-la mais conhecida e principalmente da necessidade de introduzir a pesquisa nos meios acadêmicos. Nosso objetivo é fomentar e estimular os pesquisadores a desenvolver trabalhos científicos nesta área.


Neste sentido, a diretoria reúne os principais especialistas da área no Brasil?

A diretoria do IBEPMEH está composta por experts em medicina hiperbárica e lideranças em pesquisa nas mais diversas áreas correlacionadas à OHB dos grandes centros universitários do Brasil. Nossa experiência com medicina hiperbárica é superior a 20 anos. Tratamos uma série de pacientes com feridas muito complexas. Casos muito complicados com resultados extremamente satisfatórios. O que nos trouxe a obrigação de tentar passar a nossa experiência para outras pessoas e fazer com que as pessoas conheçam e utilizem a OHB.

De que maneira o instituto pretende tornar a OHB mais conhecida?

O instituto pretende de agora em diante desenvolver várias ações de divulgações sobre o que tem sido feito em medicina hiperbárica, os resultados, os trabalhos dos pesquisadores, pesquisas cientificas e, principalmente, ter uma atuação bastante forte nos congressos médicos e simpósios por todo País. Iremos desenvolver a formação de profissionais por meio de cursos educativos de OHB.

O IBEPMH estará aberto a todos pesquisadores? Como eles podem participar?

Todo e qualquer pesquisador pode participar do instituto por meio dos centros de pesquisas que serão instalados nas universidades e pelo contato direto pelo nosso site, enviando seus projetos para análise e apoio do instituto.

Quais serão as primeiras ações do IBEPMH?

O instituto pretende concretizar a fundação de três centro universitários: dois em São Paulo e um em Minas Gerais, além de divulgar as pesquisas em OHB nas nossas mídias sociais e em congressos múltiplos, tão logo a situação se normalize.

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Saiba mais :

  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Instagram Ícone