• IBEPMH

Dificuldade em distinguir a lesão por pressão de Dermatite Associada à Incontinência (DAI)

Pesquisa mostra que equipe de enfermagem tem dificuldade em distinguir lesão por pressão de Dermatite Associada à Incontinência (DAI). O estudo considerou os estágios 1 e 2 de lesões por pressão e da DAI.


Definições


A lesão por pressão é um dano localizado na pele e/ou tecido subjacente geralmente sobre uma proeminência óssea ou relacionado ao dispositivo médico. Ela ocorre como resultado de pressão intensa e/ou prolongada ou em combinação com cisalhamento (causado pela combinação da gravidade e fricção). A tolerância de tecidos moles de pressão e cisalhamento também podem ser afetados pelo microclima, nutrição, perfusão, comorbidades e condição de tecido macio.


Dermatite Associada à Incontinência (DAI) é um distúrbio cutâneo causado na superfície da pele ocasionado devido a exposição a urina ou fezes decorrente de indivíduos com incontinência urinária e/ou fecal. Estão incluídos os casos associados a Moisture-associated skin damage (MASD) e dermatite intertriginosa (ITD).


A (DAI) se apresentar como uma inflamação da superfície da pele caracterizada por vermelhidão que pode levar a inchaço e formação de bolhas. Surgem em pessoas com problemas de incontinência urinária: nas mulheres, na região dos lábios, nos homens, na área do escroto. Também aparece na parte interna da coxa e nas nádegas e em escoriações não tratadas.


Esta doença também possui outras nomenclaturas como: lesão de umidade, dermatite perineal, erupção cutânea perineal, fralda/guardanapo/fralda dermatite, fralda/guardanapo/fralda erupção cutânea e dermatite irritante.


Incidência


50% dos residentes de asilos têm problemas de incontinência urinária, sendo que:


· 10 a 35% dos adultos são afetados por incontinência urinária;

· 23 a 66% incontinência fecal em idosos;

· Incidência verdadeira desconhecida DAI.


Alguns problemas aumentam o risco de DAI, como as incontinências fecais, urinárias e dupla, bem como, o uso de produtos de contenção oclusivos, mau estado da pele devido ao envelhecimento ou diabete, a diminuição da consciência cognitiva. As fezes soltas agem como um irritante químico direto na pele. A incapacidade de manter a higiene pessoal também agrava a situação e pode causar dores.


Fatores de risco continuado


De acordo com o estudo, o uso de medicamentos como esteroides e antibióticos, estado nutricional debilitado, doença grave, má gestão da incontinência ou mobilidade, aumento da temperatura corporal são fatores de risco para a DAI.


Como distinguir a DAI da lesão por pressão


Dermatite Associada à Incontinência (DAI)


É gerada pela incontinência urinária e/ou fecal, ocasiona dor, queimação, coceira e formigamento. As áreas afetadas são o períneo, a área perigenital; nádegas; prega glútea, aspectos mediais e posteriores da parte superior, coxas; parte inferior das costas; pode se estender sobre proeminência óssea. Quanto ao formato: arestas é difusa com arestas mal definidas / pode estar manchada. A pele pode se apresentar intacta com eritema (palpável ou não palpável) sem perda superficial de espessura parcial. E pode surgir outras infecções cutâneas superficiais secundárias, como por exemplo, candidíase.


Lesão por pressão


Ocorre por exposição à pressão ou cisalhamento gerando dor, surge geralmente sobre uma proeminência óssea ou associada à localização de um dispositivo médico. Suas arestas ou margens são distintas e sua apresentação varia de pele intacta com eritema não-blanchable até a perda total de pele. A base da ferida pode conter tecido não viável. Em alguns casos, pode surgir infecção secundária dos tecidos moles.

Para gerenciar a incontinência é preciso avaliar e tratar as causas reversíveis por meio da nutrição, gerenciando os fluídos e técnicas de higiene, criando um plano de prevenção de lesões por pressão e implementando um regime estruturado de cuidados com a pele. As recomendações são:


Realize, diariamente, e após cada incontinência fecal a limpeza e remova toda a sujeira da pele;

Procure proteger a pele colocando uma barreira que impeça o contato direto com a urina e ou fezes;

Quando possível, procure tratar a pele usando produtos específicos.

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Saiba mais :

  • Grey Facebook Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Grey Instagram Ícone